AGENDA
09/05 - JUNDIAI / SP
Congresso de Homens da ABREJUND
12/04 - Pouso Alegre / MG
Igreja Batista Betel
11/04 - Pouso Alegre / MG
Igreja Batista Betel
10/04 - Pouso Alegre / MG
Igreja Batista Betel

A BÊNÇÃO DE UM MINISTÉRIO LONGO E COMO OBTÊ-LO

A BÊNÇÃO DE UM MINISTÉRIO LONGO E COMO OBTÊ-LO

1 Ts 2.1-20; 1 Tm 3.1-7

A bênção de um ministério longo: Nossa média de tempo de pastorado Batista no Brasil é de 3 a 3 anos e meio. Como conseguir qualquer coisa de significativo? Me citem um pastor que realizou um ministério significativo, relevante dos que já morreram e dos estão aí que tiveram um ministério curto. Lembro de um sermão do saudoso Ary Veloso "AS MURALHAS DE JERICÓ E AS MANSÕES DO MORUMBI" (Você acha que a IBMorumbi seria hoje o que é se inúmeros pastores tivessem passado por ali neste período?)

1.     Precisamos ter um projeto, um alvo, um objetivo. Paulo não pode ser considerado um pastor local, mas pode ser "espiritualmente falando" considerado o pastor de todas as igrejas fundadas por ele, por sua equipe, e até mesmo por igrejas não fundadas por ele. Por que realizou tanto? Tinha um projeto claro: ser o apóstolo dos gentios, plantar igrejas entre os gentios. Você pode ver nesta carta aos TESSALONICENSES que não foi fácil, mas ele tinha uma meta, um objetivo que não podia ser frustrado. Os historiadores dão uma média de 30 anos de duração ao seu ministério.

As ilustrações, aqui, precisam ser claras, sem rodeio, para que sirvam aos nossos propósitos: Pouso Alegre (plantar igrejas no Sul de Minas) e IBBN (implantar o discipulado como um estilo de vida da igreja). Nada disso se pode implantar em poucos anos.

2.     Precisamos de integridade. Olha os adjetivos que Paulo usa para descrever seu caráter entre os TESSALONICENSES (SANTA, JUSTA E IRREPREENSÍVEL)

Veja como ele coloca isso em 1 Tm 3? Irrepreensível, boa reputação (Praticamente todas as qualidades ali exigidas se encaixam nestas palavras: INTEGRIDADE, IRREPREENSÍVEL.

Não é ser perfeito, mas humilde, tratável, comunicável, transparente.

A integridade na vida do pastor funciona como uma conta bancária. Se sacar além do seu saldo, fica no vermelho. Quando você chega, você tem crédito, mas se começar a fazer saques além do seu crédito, fica no vermelho, será tido como um caloteiro. Mesmo líderes que conseguiram juntar muito crédito, às vezes fazem um saque além do permitido, que zera seu saldo de uma só vez (grande líder internacional recentemente). Como todos somos pecadores, a bênção é que você pode fazer uma poupança!

3.     Precisamos compreender a natureza, a essência do ministério:

3.1. Não é pregar, ensinar, administrar: É dar vida! (2.7-10)

3.2. 80 a 90% do sucesso de um ministério dependem de relacionamentos saudáveis (2.11-12).

4. Precisamos de prudência, sabedoria, sobriedade, temperança, domínio próprio. (sabedoria não no sentido de conhecimentos, mas no sentido prático, as leis da vida). Essas virtudes não se adquirem em Seminário. Observe que elas estão em todo NT. É o carro chefe do fruto do Espírito.

Quais seriam algumas manifestações dessa sabedoria no ministério?

4.1. Não fazer mudanças já no começo do ministério.

4.2. Não apresente muitos projetos ao mesmo tempo. Lembre-se que os conhecimentos das leis de liderança não são mais exclusivos dos pastores. Com certeza você tem experts em “administração” na igreja e em sua liderança (e se assim não for, todos tem acesso ao Google)

4.3. Não ignore o passado da sua igreja, sua história, seus obreiros.

4.4. Não se concentre num passado negativo. Construa um futuro positivo. Não fique criticando o último obreiro (ainda que ele tenha sido um péssimo obreiro). Se houver condições, restabeleça a comunhão entre o último obreiro e a igreja (liderança). Valorize o último obreiro e seu ministério. Convide-o a pregar.

4.5. Não fique nas mãos de famílias, grupos

5. Um ministério longo é fruto de uma decisão intencional. Não pode depender de problemas (2.2, 15-16)

6. Para um ministério longo, você precisa ter saúde, no sentido pleno. (O vídeo do médico de Londrina).

Conclusão.

Apesar de não ser uma abordagem conclusiva sobre o assunto, creio ter falado sobre a importância de um ministério longo, bem como algumas sugestões em como consegui-lo. Deus abençoe a todos!

Ver mais comentários

Comentar




Enviar