AGENDA
09/05 - JUNDIAI / SP
Congresso de Homens da ABREJUND
12/04 - Pouso Alegre / MG
Igreja Batista Betel
11/04 - Pouso Alegre / MG
Igreja Batista Betel
10/04 - Pouso Alegre / MG
Igreja Batista Betel

PASTOREANDO NO PÓS PANDEMIA: SUA PORÇÃO DIÁRIA (02/06/2020)


PASTOREANDO NO PÓS PANDEMIA
Com certeza pastorear sempre foi um desafio, especialmente para aqueles obreiros que entendem a dimensão do seu chamado perante Deus e os homens. No entanto, pastorear após esta PANDEMIA, com certeza será um desafio ainda maior. Gostaria de fazer algumas observações:

1. O pastor não poderá ter medo de mudanças; pois, algumas, serão absolutamente necessárias; não podendo dogmatizar e nem "espiritualizar" "sacramentalizar" nossas práticas, pois serão mudanças culturais e não de épocas ou costumes.
2. Não poderá ter medo da tecnologia (ela será uma aliada e não uma inimiga).
3. A igreja deverá investir em novas tecnologias.
4. Se o ensino tradicional (EBD) já estava comprometido, agora, ficará ainda mais; pois haverá um novo conceito de ensino e sua prática.
5. Atenção especial deverá ser dada à terceira idade, pois o estigma de "categoria de risco" não sairá mais, especialmente quanto ao trabalho e mobilidade. Quem sabe com um novo olhar aproveitando o potencial de geração que tanto tem a nos ensinar com sua experiência.
6. O púlpito não poderá ignorar a imposição dos novos temas.
7. O cuidado mútuo, a assistência aos mais vulneráveis assumirá uma nova dimensão.
8. A natureza do pastoreio, também virá com uma nova dimensão.
9. A dinâmica do culto, das celebrações deverá ser revista.
10. A importância dos Pequenos Grupo sairá fortalecida. Agora, talvez, não mais como um “modismo”, mas porque se verificou na prática sua relevância.

Quem tem ouvidos para ouvir, ouça!

Ver mais comentários

Comentar




Enviar